TUDO ESTÁ NAS MÃOS DE DEUS

 

Provérbios 03:05-06 “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, Ele endireitará as tuas veredas.”

 

INTRODUÇÃO:

O melhor estabilizador para as nossas vidas, é saber que o Senhor nos garante o contentamento presente e a vitória futura.

O texto lido nos apresenta três condições necessárias para que a graça de Deus nos alcance e são elas:

 

Primeira condição:

I – CONFIAR NO SENHOR.

A palavra confiar significa Entregar aos cuidados de alguém ou colocar sob a guarda de, em fim.

Confiar em Deus é olhar além do que podemos ver e vê o que Deus vê.

Você sabe qual é a visão de Deus para cada um de nós?

Deus se deleita em atender às nossas necessidades e satisfaz os desejos dos nossos corações segundo a Sua vontade.

A palavra deleita significa, contentamento, satisfação ou prazer, é isto que o Senhor sente ao mover em nosso favor.

 

Segunda condição:

II – NÃO PODEMOS ALICERÇAR NO NOSSO PRÓPRIO ENTENDIMENTO

A Bíblia é cheia de exemplo de pessoas e nações que confiaram em si e terminaram em frustração ou até em destruição.

Pv 28: 26 “O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo”

Veja a autoconfiança de Pedro:

Lc 22: 33 e 34 “Ele (Pedro) respondeu: Senhor, estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte. Mas ele (Jesus) disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes negues que me conheces.

 

Terceira condição:

III – RECONHECER DEUS EM TUDO

Reconhecer Deus é estar atento à Sua direção e buscar a Sua vontade mesmo que esteja em desacordo com a nossa.

Reconhecer Deus é saber que a resposta certa está Nele.

Reconhecer Deus é aceitar o Seu direcionamento em todas as áreas da nossa vida.

 

CONCLUSÃO:

Tudo provem de Deus e sem Ele nada somos.

 

APELO:

Consagra ao Senhor todas as tuas obras e os teus planos serão bem-sucedidos.

 

Pr. Damião Ildefonso de Lima

 

Para muitas pessoas, o homem é o único que define seu futuro e caminhos. Para muitos, tudo é uma questão de puro racionalismo e a vida procura por eles mais como uma calculadora. Consegue os dados, faz os cálculos e tem os resultados. Obviamente, tal visão mecânica de vida ignora o Criador, Aquele que é Alguém que sempre tem a última palavra. Conforme Jó nos diz: